Você já ouviu falar em “Celulite Facial” ?? Não ,não é isso que você esta pensando.


Quando falamos em celulite logo pensamos na imagem abaixo:

A Definição de celulite é ter como características o aparecimento de ondulações da pele, dando a esta o aspecto de “casca de laranja” ou de “colchão”. É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação, e consequente aumento do tecido fibroso.Porém vamos falar de um outro tipo de celulite,a “Celulite Facial “.

Esse tema foi sugerido por minha Paciente Maria cristina ,a Cris.

 

Ela até postou a sua história no nosso cantinho do paciente (vale a pena ler),Ela foi acometida pela celulite facial,doença pouco conhecida pela população,porém muito grave.

A celulite facial é uma patologia relativamente frequente, com diversas etiologias possíveis,entre as quais se inclui a patologia dentária (doença ou traumatismo do dente)

A denominação, na verdade, significa inflamação celular, uma infecção aguda na derme e tecido celular subcutâneo da pele, ou seja, nas camadas mais profundas. Ela pode ser causada por diversas bactérias, sendo o estreptococo uma das principais, de acordo com a dermatologista Rebeca Maffra. Além dele, há também o estafilococo, hemófilos (atacam recém-nascidos) e pseudomonas (atacam idosos).

As bactérias que causam o problema são as gran-positivas e possuem esse nome por causa da coloração que recebem quando analisadas no microscópio. A face, porém, é um dos locais menos atingidos pela infecção, que acomete principalmente as pernas e braços, além de poder se espalhar pelo corpo todo.

A Celulite facial tem predominância no sexo masculino e a maior incidência ocorre entre os 2 a 11 anos de idade e as regiões mais afectadas são região jugal, mandibular e palpebral inferior.

Essa patologia se caracteriza por  uma inflamação de tecidos mole difusa,que não esta circunscrita ou confinada em uma área como o abscesso . Ela pode ter  várias etiologias subjacentes, como a bacteriemia (na ausência de lesões de porta de entrada), as lesões da pele (picada de insecto, traumatismos), doenças do ouvido médio e a patologia estomatológica – como abcesso dentário ou traumatismo dentário.

A celulite da face e pescoço resulta, com mais frequência, de infecção dentária, seja em consequência de um abscesso apical ou osteomielite, ou seguindo uma infecção periodontal. A infecção pericoronária ou pericoronarite, que resulta em celulite e trismo é uma condição clínica muito comum. Algumas vezes, a celulite da face ou pescoço se dará em consequência de infecção após uma extração dentária, injeção com uma agulha contaminada ou que atravessa uma área infectada, ou ainda após fratura dos maxilares.

 

No caso de traumas dentais ( por possível queda) ocorre a necrose do dente por secção de um vaso,( a lesão pode ter ocorrido anos antes de surgirem manifestação clínicas),pode levar à formação de fístula que em algum ponto da sua evolução pode obstruir,seguindo-se o desenvolvimento de infecção periodôntica e eventualmente a sua disseminação para tecidos contíguos da face.

Geralmente não existe sintomatologia antes da manifestação da doença ,apenas alguns sinais que devem ser observado criteriosamente e com uma anamnese extensa para sabermos a origem da patologia ,se trauma,necrose pulpar ou reincidência de lesão endodôntica.Daí a importância do histórico do paciente e também exame radiográfico.

O tratamento é realizado com antibioticoterapia ,sendo que as vezes se faz necessário  a extração do dente envolvido para resolução clínica mais rápida e para evitar complicações associadas, que apesar de raras, constituem situações de morbilidade significativa , como por exemplo sépsis, trombose seio cavernoso ou abcesso cerebral

 

A celulite não é contagiosa, mas pode deixar algumas seqüelas  como manchas, linfedema (um inchaço permanente pelo dano causado ao sistema de drenagem linfática do local) e cicatrizes.

Para evitar a celulite facial, o jeito é prevenir as portas de entrada das bactérias na pele, mantendo os machucados limpos. Essas portas podem ser feridas, cortes, micoses e até manipulação de lesões cutâneas, como espinhas,Além de visitar o dentista regularmente para verificação de alguma possível porta de entrada dessa patologia tão grave .

É isso aí pessoal ,obrigada Maria cristina pela sugestão é fica a dica 🙂

 

Anúncios

3 respostas em “Você já ouviu falar em “Celulite Facial” ?? Não ,não é isso que você esta pensando.

  1. Puxa atendeu rápido a minha solicitação. Obrigada. Aprendi mais ainda, pois não sabia que acometem mais homens , e nem em idade baixa ( 2 -11 anos ) . Mas, para amenizar um pouco, quero explicar que fiquei mal, bastante inchada, mas importante, não fiquei parecida com esta última foto !!!! Muitos beijos, bom final de semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s