O implante dentário pode ajudar no tratamento ortodôntico? Como?


Sim e muito!!!

Como já dissemos aqui ,o tratamento ortodôntico consiste em  uma aplicação de força nos dentes onde desencadeará uma reação biológica remodelando o tecido ósseo  e consequentemente proporcionando a movimentação dental

.

Quando implantamos um pino intra-ósseo , depois  de tornar-se  osteo integrado,sabemos que ele não sofrerá mais movimentação ,dessa forma quando pensamos em implantodontia para movimentação ortodôntica sabemos que se trata de um ratamento inviável ,porém quando precisamos de um ponto de ancoragem para o nosso tratamento ortodôntico aí sim a implantodontia pode nos auxiliar .

Os dentes são as unidade anatômicas mais frequentes utilizadas para o sistema de ancoragem . O número, o tamanho, forma e comprimento de cada raiz deve ser considerado, porque os dentes diferentes têm diferentes valores de resistência para o movimento do dente. Esta situação pode causar movimentos indesejáveis ​​dos dentes de ancoragem.

Ainda em nossos tratamentos podemos utilizar outros sistemas de ancoragem que não os dentes ,como os sistemas extra-orais ,que necessitam da cooperação do paciente como por exemplo  arco extra oral  entre  outros  porém alguns podem ser considerados não estáveis .

 

 

Para conseguirmos uma ancoragem perfeita sem a necessidade de cooperação do paciente existem outras formas que iremos descreve-las abaixo;

Implantes convencionais

Os implantes convencionais tem sido usado como auxiliares de ancoragem no tratamento ortodôntico em pacientes com grandes perdas dentais.Os implantes são inseridos nos locais de perda dentária e depois de sua    cicatrização  podem ser usados como pilares de ancoragem para retração da bateria anterior , extrusão de dentes impactados,mesialização de dentes posteriores,movimento lingual de um canino inferior ,mordidas abertas ou mordidas cruzadas.

 

 

No final do tratamento ortodôntico, o pilar é usado para apoiar uma prótese fixa, como parte do plano de tratamento abrangente.  Os implantes ósseo integrados pode ser usado também para distração osteogênica,expansão sutural terço médio da face  e maxilofacial protração.

Esse tipo de uso de ancoragem tem a desvantagem da espera do tempo de cicatrização além de não poder ser usado quando queremos fechar  espaço ou em pacientes com todos os dentes.

Ancoragem palatal:

Alguns autores sugerem, para a distalização de molares, a utilização de um mini implante na rafe palatina mediana, com a aplicação de força através de uma barra transpalatina. A linha média do palato possui osso cortical de excelente qualidade. Porém, devido à presença da sutura óssea, o mini implante para esta região deve ser mais espesso. Se constatada instabilidade primária após instalação nesta área, o DAT(dispositivo de ancoragem temporária  deve ser fixado adjacente à sutura.Onplants:

os Onplants são utilizados para para a ancoragem ortodôntica ou ortopédica como por exemplo a protração de maxila.São disco em formato de disco com uma superfície de hidroxiapatita e são implantados também na região palatal .Depois de 12 semanas já podem receber cargas ortodôntica ou Ortopédica.Uma vez que não tem que ser inserido no osso ,ele pode ser utilizado em vários estágios de erupção dentária ,porém mais estudos clínicos devem ser desenvolvidas para oferecer resultados mais previsíveis.

 

Ancoragem zigomática:

Num paciente parcialmente desdentado, a melhor qualidade de osso é encontrado na região do arco zigomático e na crista infrazigomática. Em casos extremos, onde não há outras soluções poderiam ser encontrados, podem ser utilizado miniplacas no osso zigomático como uma forma de ancoragem maxilar.

 

Microparafusos:

O tamanho reduzido do mini implante ortodôntico diminui consideravelmente as limitações quanto aos locais de sua possível inserção. Esta grande variabilidade no que diz respeito às possibilidades de localização para os mini implantes permite sua utilização, como recurso de ancoragem, nos mais variados tipos de movimentação dentária.

 

A ancoragem esquelética proporciona um adequado controle de forças, tanto em magnitude quanto em direção. A utilização dos mini implantes é recente na Ortodontia e tem-se mostrado extremamente promissora. Este recurso vem como uma opção a mais no tratamento ortodôntico, a fim de simplificar a mecânica e, em alguns casos, viabilizar a terapia, diminuindo o tempo de tratamento.

Dessa forma a implantodontia pode sim auxiliar no tratamento ortodôntico.

 

Anúncios

2 respostas em “O implante dentário pode ajudar no tratamento ortodôntico? Como?

  1. Cada coisa. Um dia desse estava pensando se para se fazer um implante é usado anestesia geral….se este procedimento é feito em consultório ou hospital…. Bjos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s